World Food Day Américas 2021

Sistemas agroalimentares mais eficientes, inclusivos, resilientes e sustentáveis:

Melhor Produção, Melhor Nutrição, Melhor Meio Ambiente e uma Vida Melhor.

Como não deixar ninguém para trás.

Sustentável

Melhor Meio Ambiente

Inclusivo

Melhor Nutrição

Eficiente

Melhor Produção

Resiliente

Melhor Vida

Dias
Horas
Minutos
Segundos

O EVENTO

NOSSAS AÇÕES SÃO NOSSO FUTURO
O futuro da humanidade depende da nossa capacidade de criar um sistema alimentar que apoie pessoas saudáveis e um planeta saudável.

Os sistemas alimentares de hoje estão superando os recursos do planeta, enquanto as dietas atuais estão resultando em crises globais de saúde, tanto em excesso quanto em desnutrição. Esses e muitos outros assuntos serão abordados no WORLD FOOD DAY AMÉRICAS 2021 que terá como tema principal os Sistemas agroalimentares mais eficientes, inclusivos, resilientes e sustentáveis: Melhor Produção, Melhor Nutrição, Melhor Meio Ambiente e uma Vida Melhor. Como não deixar ninguém para trás.

O Quadro Estratégico da ONU coloca a Agenda 2030 no centro e tem como objetivo aumentar a preparação e a eficácia para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), utilizando os principais ODS e seus indicadores, e com a lente norteadora do ODS 1 (Sem pobreza), ODS 2 (Sem fome) e ODS 10 (Desigualdades Reduzidas).

A narrativa estratégica é apoiar a transformação para sistemas agroalimentares mais eficientes, inclusivos, resilientes e sustentáveis sob os quatro melhores – Melhor Produção, Melhor Nutrição, Melhor Ambiente e uma Vida Melhor – e não deixando ninguém para trás. As Áreas Prioritárias do Programa (PPAs) da FAO foram colocadas sob os quatro melhores. Nesse contexto, por exemplo, a Melhor Produção inclui inovação verde, transformação azul, One Health, pequenos produtores e agricultura digital.

A Melhor Nutrição abrange dietas saudáveis para todos, nutrição para os mais vulneráveis e  alimentos seguros, redução da  perda e desperdício de alimentos, bem como mercados transparentes e comércio.

O Melhor Meio Ambiente inclui  mitigação das mudanças climáticas, sistemas alimentares sustentáveis, bioeconomia, biodiversidade e serviços ecossistêmicos para alimentos e agricultura.

A Melhor Vida inclui transformação rural inclusiva, empoderamento das mulheres rurais, sistemas de alimentação urbana emergencias, sistemas agroalimentares resilientes,  bem como a ampliação dos investimentos.

0 +

Temas Abordados

0 +

Palestrantes

World Food Day Américas

NOSSAS AÇÕES SÃO NOSSO FUTURO

O crescimento contínuo da população e as mudanças nos hábitos alimentares aumentarão essas crises.

Pensando nisso, queremos celebrar este ano o Dia Mundial da Alimentação Américas discutindo ações no setor alimentício para tornar a transformação para sistemas agroalimentares mais eficientes, inclusivos, resilientes e sustentáveis sob os quatro melhores – Melhor Produção, Melhor Nutrição, um Ambiente Melhor e uma Vida Melhor – e não deixando ninguém para trás.

TEMAS A SEREM ABORDADOS NOS PAINÉIS

Os 4 melhores

MEIO AMBIENTE, NUTRIÇÃO VIDA E PRODUÇÃO

Meio Ambiente

Mudança climática, sistemas alimentares mitigadores e adaptados, bioeconomia e biodiversidade, serviços ecossistêmicos para alimentos e agricultura.

Produção

Inovação verde, transformação azul, saúde, pequenos produtores e agricultura digital.

Nutrição

Dietas saudáveis para todos, nutrição para os mais vulneráveis, alimentos seguros, redução das perdas de alimentos no campo, desperdício nos mercados e comércio mais transparentes.

Vida

Transformação rural inclusiva, empoderamento das mulheres rurais, sistemas alimentares urbanos emergenciais, sistemas agroalimentares resilientes e maiores investimentos.

Sejam bem-vindos ao Primeiro Fórum de Bioinsumos e Agricultura Regenerativa

Especialistas defendem a ideia de que é necessário  ampliar o uso de insumos biológicos na agricultura para contribuir com a sustentabilidade da atividade e  segurança alimentar, e claro, para atender a crescente demanda dos mercados.

AGENDA

  • 14 DE OUTUBRO
  • 15 DE OUTUBRO

ABERTURA

Horário do Brasil (GMT -3)

O Senhor Rafael Zavala, de nacionalidade mexicana, é zootecnista, formado pela Universidade Autónoma Metropolitana – México, possui mestrado em Agricultura Sustentável pela Universidade de Londres, Inglaterra e é PhD em Políticas para o Desenvolvimento Rural pela Universidade de East Anglia, Inglaterra. Até 2012, foi consultor para a FAO e o IICA; esteve 3 anos no congresso legislativo do México. Nomeado em 2012 Representante da FAO na Colômbia, seu trabalho concentrou-se na implementação de estratégias para a efetiva consolidação da paz e estabilização em áreas rurais. Sob sua gestão foram fechados mais de 60 convênios de cooperação. Em 2016, recebeu o B.R. Sen, prêmio da FAO a nível mundial. Em dezembro de 2018 foi nomeado Representante da FAO no Brasil. 

 

Representante FAO Brasil

Diretor e Representante do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos no Brasil

Economista com MBA em Finanças, Especialista em Orçamento Público e Mestre em Relações Internacionais, Daniel Balaban é desde agosto de 2011 Diretor do Centro de Excelência contra a Fome e representante do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas no Brasil. É membro da Agenda de Conselheiros Globais do Fórum Econômico Mundial.

Diretor e Representante do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos no Brasil

Economista Agrícola e doutor em finanças, cursou parte de sua graduação na Purpan Higher School of Agriculture na França e participou do Programa Executivo da Singularity University em Cupertino, Califórnia. Desde 1998, é economista do Instituto Nacional de Tecnologia Agrícola (INTA, Argentina), onde exerceu funções tanto na área de pesquisa quanto na área institucional. Entre outros cargos, foi diretor do Centro de Economia, Sociologia e Políticas Públicas do INTA e gerente geral do INTeA S.A.
Foi secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca da Nação (Argentina).  Professor há aproximadamente 20 anos em cursos de graduação e pós-graduação, foi também presidente da Associação Argentina de Economia Agrícola e publicou diversos artigos e livros na área agrícola.

Atualmente é Representante do IICA no Brasil.

Representante do IICA no Brasil

Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União    – TCU, é formado em Administração Pública pela Universidade  

Federal do Mato Grosso do Sul, e em Direito pela Universidade  Católica Dom Bosco. Pós-Graduado Lato Sensu MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), e especialista em Gestão Estratégica e Finanças, com certificações em eventos nacionais e no exterior na área de Políticas Públicas.

Foi Secretário de Gestão de Pessoas e Secretário de Orçamento e Finanças e Contabilidade do TCU, também Chefe de Gabinete Ministério Público daquele órgão, e Diretor-Geral do Supremo Tribunal Federal (STF).

Atualmente ocupa o cargo de Secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do MAPA

Possui mais de 25 anos de experiência e alta representatividade na Indústria de Alimentos, com passagens pela Diageo e Mondelez. Atualmente ocupa a Vice-presidência Global de Relações Institucionais e Sustentabilidade e a presidência do Instituto BRF. Formada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (“FGV”), possui MBA com ênfase em Marketing na FIA/USP e pós-graduação em Políticas Públicas na FGV. Atualmente, ocupa, ainda, a posição de Presidente do Conselho da ABIA – Associação Brasileira da Indústria de Alimentos, e atua também como membro do Conselho de Administração de diversas associações de classe e Conselhos Empresariais, além de membro do Conselho Consultivo de Comércio Exterior do Ministério de Economia. Também muito comprometida com a agenda de Diversidade e Inclusão, ela é a presidente do Capítulo Brasileiro do BRICS Woman Business Alliance e outras iniciativas nacionais e internacionais.

Vice-Presidente Global de Relações Institucionais e Sustentabilidade da BRF e Presidente do Instituto BRF

Brasileiro, Engenheiro de Alimentos formado pela UNICAMP, Brasil, com Mestrado em Administração de Empresas pela ESPM em São Paulo, Brasil.

Desde março de 2015, Mauricio está de volta ao Brasil na posição de Presidente da DSM para a América Latina sendo responsável por implementar estratégias regionais para 16 países da região e liderar mais de 2.000 pessoas com lucros superiores a US $ 1,2 bilhão.

Mauricio também se tornou o Presidente de Parcerias e Programas Globais de desnutrição, combinando com sua função anterior como Presidente do Board da África Improve Foods, na África. Sua principal responsabilidade é desenvolver e implementar ativamente o setor público e privado, além de outras parcerias e novos modelos de negócios, abordando questões de desnutrição em todo o mundo.

Presidente da DSM para América Latina

Maurício Rodrigues é atualmente o presidente da Divisão Crop Science da Bayer na América Latina. Ele soma mais de 20 anos de experiência, especialmente no agronegócio, gerenciamento de riscos e liderança de grandes grupos em diversas regiões. Anteriormente à Bayer, trabalhou para o Banco BBA e teve uma extensa carreira na Monsanto.

Maurício tem experiência global com passagens pelos Estados Unidos e México, é formado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica de Engenharia da USP, possui MBA em Finanças pelo IBMEC, pós-graduação em Controladoria pela Fundação Getúlio Vargas e extensões no exterior pela Wharton School e Washington University.

Presidente da Divisão Crop Science da Bayer na América Latina

Marina Grossi é economista e assumiu a presidência do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) em 2010. Entre 2018 e 2019, integrou o steering committee da Carbon Price Leadership Coalition (CPLC), conselho diretivo da coalizão do Banco Mundial voltada para a precificação de carbono, e atualmente é membro do Conselho da BV Rio. Possui um vasto currículo ligado à área governamental, atuando como negociadora do Brasil na Conferência das Partes (COP) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP do Clima) entre 1997 a 2001, e como coordenadora do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas entre 2001 e 2003.

Presidente do CEBDS

PAINEL
MELHOR MEIO AMBIENTE

Horário do Brasil (GMT -3)

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, onde também realizou seu mestrado em Parasitologia Veterinária e o doutorado em Ciências Veterinárias.

Com experiência nas áreas de parasitologia, doenças zoonóticas, biotecnologia, imunologia e genômica aplicada à saúde animal, tem atuado nos últimos 17 anos em gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação para o agronegócio.

Iniciou sua carreira na Embrapa, como Pesquisador na Unidade Gado de Corte (MS), onde também foi Chefe-Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento e Chefe-Geral daquela Unidade. E na Sede da empresa em Brasília atuou como Diretor-Executivo de Inovação e Tecnologia.

É membro de diversos comitês, conselhos e fóruns nacionais e internacionais, como a Rede Global de Pesquisa e Inovação em Sanidade Animal (Star-Idaz), o Instituto Fórum do Futuro e o Conselho Superior de Agricultura da FIESP. Atuou como Diretor de Inovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Cleber defende a ciência e inovação como eixos vitais para a sustentabilidade e protagonismo do Brasil como grande produtor mundial de alimentos, fibras e energia. Acredita que, na convergência entre economia digital e agricultura, os consumidores serão os grandes beneficiados, com mais transparência, segurança e rastreabilidade dos produtos que consomem.

Secretário Adjunto de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do MAPA

Formada em direito pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, pós-graduada em Direito Público pela EPD – Escola Paulista de Direito e especialização em Compliance. Com 25 anos de experiência na área jurídica estratégica, 18 deles dedicados à indústria de alimentos e bebidas, tem amplo conhecimento técnico e foco no apoio jurídico às áreas de negócios e na mitigação de risco reputacional. Coordena os Comitês Jurídico e de Sustentabilidade da ABIA, além do Comitê Jurídico da Coalizão Embalagens, grupo que congrega associações de diversos setores produtivos e mantém acordo setorial com o Ministério do Meio Ambiente para recuperação de embalagens pós-consumo.

Diretora Jurídica e de Compliance da ABIA

Eduardo Bastos atua como Diretor de Sustentabilidade para América Latina na Bayer. Nesta função, ele está liderando os esforços para implementar a agenda 30 (Gases de Efeito Estufa): 30 (Redução do Impacto Ambiental): 100 (Pequenos Agricultores) na região e conectando a empresa às principais partes interessadas para discutir a sustentabilidade na agricultura e firmar fortes parcerias de longo prazo com eles.

Eduardo também atua como conselheiro em 3 associações e um fundo de investimento: ABAG (Associação Brasileira do Agronegócio), onde é Chefe do Comitê de Sustentabilidade há 8 anos; Agricultura Climática por Florestas de Coalizão (Coalizão); COSAG/FIESP (Conselho de Agronegócios da Câmara das Indústrias de São Paulo) e 10B (SK Tarpon Investment). Ele também é membro da Força-Tarefa Ag da TFA (Tropical Forest Alliance) para a Latam.

Eduardo começou sua carreira em vendas na Rhodia, que se tornou a Aventis e depois a Bayer Crop Science. Também trabalhou no inpEV (CropLife Brasil), Dow Chemical (Latam) e AIPC (Associação Brasileira de Moedores de Cacau).

Eduardo também atuou como Presidente do GTPS (Mesa Redonda Brasileira para Carne Sustentável) e Vice-Presidente da GRSB (Mesa Redonda Global para Carne Sustentável) e Diretor do LACC (Conselho de Conservação da América Latina).

Bastos tem 25 anos de experiência trabalhando em agricultura, sistemas alimentares e sustentabilidade em todo o mundo. Ele trabalhou em uma ampla gama de temas, incluindo assuntos governamentais, sustentabilidade corporativa, mudança climática, sistemas de agricultura familiar, política agrícola e gestão de resíduos. Bastos é Engenheiro Agrônomo, formado pela ESALQ/USP e possui 2 MBA’s, a saber Marketing (FGV) e Gestão Empresarial (FDC).

Diretor de Sustentabilidade para América Latina na Bayer

Engenheiro Agrônomo e pós-graduado em Economia Agrícola, desempenha a função de Especialista em Agronegócios na Representação do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura – IICA, no Brasil, onde nos últimos 8 anos trabalha na gestão de projetos nacionais e hemisféricos nas temáticas de desenvolvimento rural sustentável, bioeconomia e agricultura familiar. Além disso, também é membro do quadro de diretores do Climate Smart Agriculture Youth Network para o período de 4 anos (2022 – 2026) e é consultor para startups nacionais e internacionais na área de gestão de projetos e sustentabilidade.

Especialista em Agronegócios na Representação do IICA no Brasil

PAINEL
MELHOR NUTRIÇÃO

Horário do Brasil (GMT -3)

Alejandro Girardi é atualmente líder em Public Affairs de Sustentabilidade e Ciência na Bayer Crop Science para a América Latina. Sua atuação é pautada em solidificar as relações da companhia com stakeholders externos, bem como conduzir as metas de sustentabilidade da divisão agrícola em toda a região.  

 Antes dessa função, Alejandro foi Líder de Engajamento Corporativo da Monsanto na América do Sul. Durante sua gestão ocupou cargos de responsabilidade cada vez maior como Gerente Geral do Paraguai e Uruguai com base em Assunção, Paraguai, e passou 4 anos na sede nos Estados Unidos como Gerente de Produto da América do Sul.

 Alejandro atuou em nível global, com passagem pelo Estados Unidos da América e em países da América Latina, como Paraguai, Uruguai e Brasil. Formado em Agronomia pela Universidad Catolica de Buenos Aires (UCA), ele possui MBA pela Universidad CEMA, em Buenos Aires na Argentina. Ele também participou do Programa de Educação Executiva em Liderança na Kellogg School of Management.

 Alejandro e sua esposa, Dolores, têm duas filhas, Delfina e Catalina – atualmente moram em São Paulo, Brasil.

Líder de Engajamento Corporativo na Bayer Crop Science para a América Latina

Mestrado em Saúde Pública – USP, Brasil- Pós Graduação em Gestão de Negócios pela ESPM, Brasil- Pós graduação em Marketing Alimentário, CESMA, Espanha- Especialização em Laboratório de Saúde Pública, USP, Brasil- Graduação em Nutrição, USP, Brasil- Graduação em Biologia, USP, Brasil .

Experiência: Fernanda trabalha como Gerente Sênior de Saúde e Nutrição para América Latina na Unilever. Trabalhou por 3 anos na Unilever Holanda, como Gerente Global de Saúde e Nutrição. Anteriormente, trabalhou como Gerente de Health Marketing na Danone. Fernanda foi também professora de ciências na rede Municipal de ensino por 4 anos.

“Trabalho há mais de 10 anos na indústria de alimentos e me orgulho de poder, dentro da indústria, trabalhar com meu propósito de vida: Difundir mensagens fáceis, porém verdadeiras, empoderando pessoas a tomarem decisões de vida mais saudáveis e sustentáveis.”

Gerente de Saúde e Nutrição da América Latina na Unilever (Brasil)

Engenheiro de Alimentos pela Universidade do Chile. Especialista internacional em projetos de intervenção de micronutrientes, aplicações de vitaminas, formulações, estabilidade e custos. Atuou como consultor de micronutrientes para a OMS, OPAS, GAIN, SUSTAIN e muitas outras organizações, agências internacionais, instituições acadêmicas e agências governamentais que promovem e auxiliam programas de fortificação em países em desenvolvimento. É membro dos grupos de trabalho locais do Codex Alimentarius e membro do Conselho Científico da IADSA (International Alliance of Dietary / Food Supplement Associations). Atualmente é Diretor Científico da DSM Nutrição & Saúde Humana América Latina.

Diretor Científico da DSM Nutrição & Saúde Humana América Latina

Possui Graduação em Engenharia de Alimentos e é Mestre em Ciência de Alimentos pela Unicamp, com especialização em Planejamento Nutricional pela Universidade de Ghent, Bélgica, e em Estudos do Consumidor pela Universidade de Ghelph, Canadá. Foi professora de planejamento Nutricional na FEA- UNICAMP e trabalhou em diversas empresas de alimentos ( Pratika S.A, Nutricia S.A, Cia. Cervejaria Brahma S.A,  Gessy Lever Alimentos S.A)

Representou  o MAPA no Comitê de Rotulagem de Alimentos do Codex Alimentarius (Canadá), na Força Tarefa em Alimentos obtidos por biotecnologia do Codex Alimentarius (Japão) e do Comite de Nutriçao e Alimentos para fins Especiais ( Alemanha). Participou do painel de especialistas da FAO/WHO para Segurança Alimentar de Alimentos Geneticamente Modificados e da Força Tarefa da OECD para avaliação de segurança de novos alimentos e rações. Coordenou as atividades em biofortificação para America Latina e Caribe, até 2020, sendo agora mentora  nesse tema para a região.

É Pesquisadora da Embrapa Agroindústria de Alimentos, sendo o Ponto Focal da Embrapa para Aliança Bioversity International e CIAT. ( Centro Internacional de Agricultura Tropical)

Atua nas áreas de: segurança alimentar, nutrição,  sistemas alimentares sustentáveis, biofortificação e biossegurança de alimentos geneticamente modificados.

Pesquisadora da Embrapa Agroindústria de Alimentos

Bióloga, mestre e doutora em Bioquímica e Biologia Molecular. Atuou como professora de graduação e pós-graduação por mais de 15 anos. Foi diretora do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB).

Há 10 anos atua desvendando a ciência associada à produção de alimentos, conduzindo projetos junto à indústria, cadeia produtiva, academia e mídia. Em 2017 fundou a Biofocus Hub, que se dedica a traduzir a ciência, engajando públicos e conectando pesquisadores às empresas e à sociedade.

Fundadora Biofocus HUB

Nutricionista (CRN 5738 SP), mestre e doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP. Pós-doutoranda em Nutrição na Faculdade de Saúde Pública da USP. Certificada em Coaching de Saúde e Bem Estar pela American College of Spports and Medicine. Fez especialização em Transtornos Alimentares na Universidade de Paris V, em Bases Fisiológicas da Nutrição no Esporte pela UNIFESP e em Nutrição Clínica Funcional pela UNIB. Membro da comissão de Comunicação da SBAN. Diretora Clínica da Dietnet Nutrição, Saúde e Bem Estar desde 2006. Autora de 6 livros de nutrição. Participa com frequência como nutricionista convidada em diversos programas de televisão, como por exemplo: Programa Bem Estar, TV Globo, desde 2012; Programa Você Bonita, TV Gazeta; Programa Aqui na Band, TV Bandeirantes.

Nutricionista, Mestre e Doutora pela FMUSP

PAINEL
MELHOR PRODUÇÃO

Horário do Brasil (GMT -3)

Fernando Gonçalves Neto – é Engenheiro Mecânico pela USP de São Carlos, Pós-graduado em Gestão Estratégica e AMP pela Harvard Business School. Tem experiências no desenvolvimento de produtos no segmento de máquinas agrí­colas e na gestão de áreas de inovação, industrial e de negócios. Está na Jacto desde 1996 e desde 2014 ocupa a Presidência.

Presidente da JACTO

Há 25 anos, Yamileth Fajardo atua nos negócios de Gestão de Energia e Automação em diversos segmentos. Ao longo destes anos, a sua carreira tem-se desenvolvido em várias empresas passando por áreas como a experiência do cliente, logística, serviços, marketing e vendas, o que lhe proporcionou uma visão completa a nível operacional e estratégico em ambos negócios. Yamileth ingressou na Schneider Electric há 18 anos ocupando diferentes cargos e liderando equipes no Cluster Andino (Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia) e na América do Sul.

Desde 2019, é líder no segmento de Bens de Consumo (CPG, Consumer Packege Goods) e estratégia de transformação digital (EcoStruxure) para a América do Sul.

A executivo é Engenheiro Eletricista pela USB- Universidad Simón Bolívar- Caracas, Venezuela, com mestrado em Administração de Empresas pela Universidad Metropolitana- Caracas, Venezuela.

Líder no segmento de Bens de Consumo – Schneider Electric

Mateus Barros é líder de Digital & Novos Modelos de Negócio da Bayer para a América Latina. Tem uma carreira de mais de 15 anos trabalhando com agricultura em diferentes negócios e regiões. Agrônomo pela Esalq/USP, ingressou na organização em 2004 como estagiário e passou nove anos na estrutura comercial como Representante Técnico de Vendas, Gerente Regional e Gerente de Unidades da empresa. Entrou no Time de Liderança do Brasil como Líder do Negócio de Proteção a Cultivos em 2015, sendo responsável pelos times de vendas, marketing, gerenciamento de produto e operações.  Com a chegada da plataforma de agricultura digital Climate FieldView ao Brasil, Barros se tornou líder de negócios da Climate para a América do Sul. Em 2018, se tornou líder de negócios de Climate para a América Latina, posição que ocupou até agosto deste ano.

Diretor da Área de Digital & New Business Models – Bayer Crop Science

Gilberto Girardi é economista pela USP, com especialização em Sistemas de Informação pela UFRGS e Economia Agroindustrial pela UFSCar. Antes de iniciar jornada empreendedora teve passagens pela Deloitte e Unilever. Tem 30 anos de dedicação ao desenvolvimento de iniciativas de tecnologia digital e gestão para o setor agrícola e agroindustrial, ao longo de vários empreendimentos. É membro de conselho de empresas de base tecnológica e fundador da Velos AG.

Fundador da Velos AG

Giovana Araújo é uma reconhecida especialista em agronegócio na América Latina, com experiência relevante em mais de 25 anos de atividade profissional no setor. Atualmente é sócia da KPMG Brasil, atuando como líder de mercados para agribusiness. Antes da KPMG, Giovana trabalhou no Itaú BBA, um banco de investimento líder na América Latina, e também na MB Agro e DATAGRO, principais think tanks do agronegócio com sede no Brasil. Ela também é membro do Conselho Superior do Agronegócio (COSAG), como conselheira independente. Eleita como o melhor analista de equity research do Agronegócio pelo ranking do Institucional Investor para o Brasil e a América Latina em 2013.

Sócia Líder de Agribusiness Markets – KPMG

PAINEL
MELHOR VIDA

Horário do Brasil (GMT -3)

Mestre em Gestão do Desenvolvimento Local Sustentável ­ Universidade de Pernambuco. Pós ­graduada em Comércio Exterior. Graduada em Administração de Empresas ­ Habilitação em Comércio Exterior  Foi Diretora de Negócios da Bio Fair Trade e representante comercial da importadora Holandesa de Comércio Justo Barbosa. Responsável pela implantação da primeira empresa de Comércio Justo Brasileira em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento e Visão Mundial. Atualmente Coordena o programa de gestão do conhecimento desenvolvido em parceria entre o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola – FIDA e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura -IICA – Programa Semear Internacional.

Coordenadora Programa Semear Internacional – IICA

Farmacêutico Bioquímico e Bacharel em Direito com 25 anos de experiência na gestão de Assuntos Regulatórios e Científicos desenvolvida em empresas multinacionais de grande porte como Danone, Unilever, Mondelez e Nestlé com importante atuação junto às Associações de Classe como ABIA, ABIAD, GENE e organizações científicas como ILSI e órgãos reguladores como ANVISA, Ministério da Agricultura, Codex Alimentarius, Mercosul e outros.

Diretor de Assuntos Regulatórios e Científicos – ABIA

Caspar van Rijnbach, atual Senior IT Respesentative na Bayer Brazil é líder do pilar de Inovação Aberta e do Lifehub, hub de inovação da Bayer. Há quase 6 anos na Bayer, atuou antes da sua carga atual como Head de Business Consulting Latam e Head de Business Services Brazil. Antes do seu período na Bayer trabalhou na Shell, Banco ABN AMRO Real e EY nas áreas de estratégia e inovação. Na EY também foi líder do setor de Life Sciences. Entre 2004 e 2011 foi um dos sócios do startup Terraforum, consultoria em gestão de conhecimento e inovação. Como consultor implementou projetos estratégicos em várias empresas na área de agricultura, alimentação e nutrição. Foi blogger e é co-autor de vários livros e artigos sobre estratégia e inovação. Atualmente lidera temas estratégicas relacionados a sustentabilidade, nutrição e Saúde na Bayer.
 
Reside desde 2001 no Brasil e é casado já 21 anos com a Brasileira Tania. Tem mestrado em Economia e também mestrado em Ciências políticas. Foi jogador professional de beisebol antes da sua careira em negócios. Ainda gosta de esportes porque joga golfe no tempo livre.

Senior IT Representative and Bayer 2022 IT Lead Brazil

Duncan Turnbull formado na Universidade de Oxford e Stanford Graduate School of Business. Trabalha na intersecção entre agricultura e energia renovável. Investiu e operou mais de 15.000ha de projetos agrícolas em três continentes.

Diretor de Energia e Agricultura – BFA Partners

Trinta anos de experiência nas áreas Comercial, Técnica e de Inovação, conviveu em empresas multinacionais do setor alimentício, tanto nos mercados B2B quanto B2C. Experiência no desenvolvimento e execução de planos estratégicos para a comercialização de sabores e ingredientes alimentícios na América Latina. Experiência em design e gestão de equipes de vendas, marketing e técnicos.

Regional Head Inovação Latam – Givaudan

BIOINSUMOS

Horário do Brasil (GMT -3)

Christian Lohbauer, 54, é Mestre e Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. Foi bolsista da Fundação Konrad Adenauer na Universidade de Bonn, Alemanha, entre 1994 e 1997. Foi Gerente de Relações Internacionais da FIESP (2001-2004), Secretário de Relações Internacionais da Prefeitura de São Paulo (2005), Diretor Executivo da Associação Brasileira dos Exportadores de Frangos – ABEF (2006-2009), Presidente Executivo da Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos – CitrusBR (2009-2013) e Vice-Presidente de Assuntos Corporativos da Bayer no Brasil (20013-2018). Atualmente é Presidente Executivo da CropLife Brasil, Diretor do Conselho de Agricultura da Fiesp (COSAG/Fiesp) desde 2006, e membro do Grupo de Análise Internacional da Universidade de São Paulo (GACINT/IRI/USP) desde 1999. Foi candidato à Vice-Presidência da República pelo Partido NOVO nas eleições gerais de 2018.

Alessandro Cruvinel é engenheiro agrônomo e produtor rural, com especialização em marketing e mestrado em administração e desenvolvimento rural. Atuou na empresa Unilever em diferentes cadeias produtivas e na Embrapa na gestão de tecnologias e inovação. Atualmente trabalha no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Preside o Conselho Estratégico do Programa Nacional de Bioinsumos.

Presidente e um dos Fundadores do Grupo Associado de Agricultura Sustentável (GAAS)

Graduada em Química, com Mestrado e Doutorado em Engenharia de Materiais na UFSCar, com Doutorado Sandwich na Universidade de Wisconsin-Madison/USA e, Pós Doutorado em Inovação Tecnológica na UFSCar. Tem experiência profissional de mais de 25 anos, atuando como gestora em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, PD&I, no setor privado, em grandes empresas como BRF (Sadia, Perdigão e Qualy), Huntsman Química Brasil, em startups e em consultorias de Inovação. No governo, foi Diretora do Departamento de Apoio a Inovação e do Departamento de Tecnologias Estruturantes no Ministério de Ciência e Tecnologia e Inovações, MCTI. Foi Professora Visitante na Universidade de Campinas, Unicamp, e na Universidade de Brasília, UnB, ministrando disciplinas de Empreendedorismo e de Inovação e foi gerente de novos negócios no Núcleo de Inovação Tecnológica da UnB.

Roberto Rossi, 38 anos, graduado em Engenheira Agronômica pela USP, Pós Graduado em Gestão Estratégica de Pessoas pela FGV com Especialização em Gestão Executiva pela Unicamp.
Atualmente é Diretor de Negócios na Coplacana e já teve passagens profissionais pela Cargill, Cosan e Raízen nas áreas de originação de grãos e Supply Chain.

Bacharel em  Engenharia Agronômica pela Universidade de São Paulo (ESALQ / USP); MBA em Investimento, Gestão e Planejamento na Indústria de Cana PECEGE / ESALQ / USP; Vice-presidente da ABCBio (Associação Nacional da Indústria de Biocontrole – 2015/2016 e 2019/2020); Presidente ABCBio (Associação Nacional da Indústria de Biocontrole – 2013/2014 e 2017/2018); Membro do conselho CropLife Brasil (2020/2021); Diretor Comercial Koppert do Brasil (2011 – presente).

Tiago Gomes é um Profissional de Investimento e Head de ESG para América Latina na GEF Capital Partners. Ele lidera os esforços de investimentos relacionados ao tema de agricultura sustentável. Antes de se juntar à GEFCP, ele trabalhou para os fundos de impacto Impact Engine e Vested World em Chicago. O Tiago também trabalhou para o banco Standard Chartered em Nova York e Cingapura, onde ele liderou investimentos em infraestrutura e energia. O Tiago iniciou a sua carreira como analista de Private Equity no Pátria Investimentos.  

BIOINSUMOS - CASOS CONCRETOS

Horário do Brasil (GMT -3)

AGRICULTURA REGENERATIVA

Horário do Brasil (GMT -3)

Pollyana Saraiva é Diretora do Rural Banking, divisão agrícola do Rabobank Brasil. Antes de assumir esse cargo, ela era Gerente Executiva do Rural Banking, onde atuou como parte do time de gestão e planejamento estratégico.

Formada em Administração e pós graduada em Gestão  de Negócios pela Universidade Federal de Uberlândia, Pollyana acumula experiência no setor em crédito do agronegócio ao longo dos últimos 21 anos. Juntou-se ao Rabobank em 2007, onde atuou como Gerente de Agência na gestão e estruturação de crédito para clientes da região.

Pesquisadora da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) desde 1992, na área de controle biológico de pragas. Coordenadora do Programa Estadual de Pesquisa em Agroecologia. Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Pelotas, mestrado em Fitossanidade (Entomologia) pela Universidade Federal de Lavras, Ph.D. em Biologia Populacional – University of Amsterdam e Pós-Doutorado na University of California, Davis. É bolsista de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (1D). Editora adjunta na área de controle biológico da revista Neotropical Entomology e da Revista Brasileira de Agroecologia. Editora associada da revista Frontiers in Agronomy. É orientadora docente nos cursos de Pós-graduação em Entomologia, Mestrado Profissionalizante em Defesa Sanitária Vegetal e no curso de Proteção de Plantas da Universidade Federal de Viçosa. Foi membro e coordenadora da Câmara de Recursos Naturais, Ciências e Tecnologias Ambientais da FAPEMIG. Recebeu o prêmio de Destaque Mérito Científico da EPAMIG  em 2017 e prêmio de destaque em produtividade de pesquisa da Epamig em 2020.

Engenheira Química e Advogada, MSc em Propriedade Intelectual e Inovação. Com experiência em gestão da inovação e propriedade intelectual há 16 anos, atuando em empresas públicas e privadas como CEMIG, Vale S.A. e Embrapa. Atualmente é Diretora no Departamento de Apoio à Inovação para a Agropecuária do Ministério da Agricultura no Brasil, trabalhando com políticas públicas para promover à inovação aberta, sustentabilidade, bioeconomia, ferramentas digitais e foodtech no agronegócio

Agrônomo pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC (1999), mestre em Fitotecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (2002) e doutor em Produção Vegetal pela Universidade Federal do Paraná – UFPR (2007). Atualmente é Pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA SOJA), atuando como Chefe de Pesquisa & Desenvolvimento. É bolsista de produtividade nível 1D do CNPq. Tem experiência nas áreas de manejo das culturas de soja e milho; integração lavoura-pecuária; diversificação de modelos de produção e transferência de tecnologia. Possui mais de 250 publicações (artigos científicos, livros, capítulos de livros, relatórios técnicos) nestas linhas de pesquisa e já gerou mais de 10 tecnologias.

Formada em engenharia agronômica na ESALQ/USP, Alessandra possui mais de 25 anos de experiência no setor de Agronegócio, Relações Institucionais e sustentabilidade já tendo atuado em importantes empresas desse ramo. Na Bayer, foi gerente de Produtos e gerente de Mercado na divisão de Sementes e Biotecnologia na divisão Crop Science. Além disso, liderou a área de Assuntos Corporativos (APSA) de Crop Science para o Brasil e foi presidente do extinto Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB) além de representar a Bayer em diversas associações e comitês. Entre suas atribuições como diretora de Engajamento e Relacionamento com Stakeholders da Bayer estão a interlocução e aproximação com contatos da companhia em todo o Brasil e América Latina focando nos temas de meio ambiente, mudanças climáticas, mercado de carbono, biodiversidade e Cadeia de alimentos, entre outros.

Líder de agricultura, captação de leite e compra de ingredientes lácteos na Danone Brasil. Experiencia em bens de consumo, supply chain e agricultura. Responsável pela coleta do leite, qualidade, sustentabilidade, logística e inteligência de mercado. Experiência previa em operações, compras e agricultura.

Adriana é graduada em Engenharia Ambiental pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Após atuações na área acadêmica, em consultoria ambiental assim como a vivência de experiências internacionais, Adriana iniciou sua trajetória na Unilever como trainee em 2015. Desde então, assumiu funções distintas que se iniciaram vendas e seguiram posteriormente para cargos dentro da cadeia de suprimentos passando por posições em manufatura, logística e compras. Atualmente é Gerente de Compras Regional e, pelo seu histórico e paixão pelo tema, atua também como líder de sustentabilidade de ingredientes agrícolas dentro da América Latina.

AGRICULTURA REGENERATIVA - CASOS CONCRETOS

Horário do Brasil (GMT -3)

World Food Day Américas

Painéis conectados com os objetivos ODS

PATROCÍNIO MASTER

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

1280px-Royal_DSM.svg
meta

Realização